DEMERVAL LOBÃO, CIDADE DO MEDO E PÂNICO  

0 41

Uma cidade onde era conhecida como local pacifico para se viver, que costumava ter sempre moradores nas suas calçadas conversando até horários tarde, que hoje infelizmente ficou para trás.

Com o ecoa do latido dos cães de guarda, mesmo sob a luz do dia, câmeras de monitoramento, portões altos e automáticos, cercas elétricas e outros meios de segurança, a violência crescente vem deixando a cada dia o pânico dos moradores demervalenses.

Um dos fatores que mais deixam intrigada a sociedade, é a distancia até Teresina, como também dezenas de manifestações e reuniões em busca de um direito por lei, que se tornaram capítulos de uma novela.

Uma população que diante da violência e crimes rotineiros em locais populares e horários de grandes fluxos de pessoas, vivem uma vida de estratégias, com muita cautela ao usufruir o seu outro direito, de ir e vir.

Assim vem se tornando os dias de uma população, que alguns vêm se reunindo através de meios de grupos pela internet, em busca de ajudar e ser atendido baseado na lei notória e clara.

 

Deixe uma resposta